Turistando? Não, transformando

Foto: Valdirene Rocha Foto: Valdirene Rocha

No dia 21/06 realizamos em Parelheiros, o encontro Articulação em rede e Cooperações internacionais: ações comunitárias para o desenvolvimento do Turismo de Base Local na periferia de São Paulo. Foi um momento especial para dialogarmos sobre a circulação de ideias, de modelos, de Políticas Urbanas, considerando elementos, vozes, pressupostos, interesses, contestações e expectativas nas várias escalas territoriais, sociais e políticas.

Passamos o dia com pesquisadores de três universidades – Thiago Allis (Universidade de São Paul, Escola de Artes, Ciências e Humanidades), coordenador do projeto; Maria Valesco González (Universidad Complutense de Madrid, Facultad de Ciencias Politicas) e Guilhermo Jajamovich (Universidad de Buenos Aires, Instituto de Estudios Latinoamericanos y del Caribe) alunos mestrandos em turismo e outros parceiros, como ponteAponte e SESC-SP que visitaram os projetos desenvolvidos em Parelheiros.

Foto: Valdirene Rocha

Foto: Valdirene Rocha

A visita começou por uma das propriedades que integra o projeto Acolhendo em Parelheiros, pudemos vivenciar na prática princípios da permacultura e refletir como as grandes metrópoles se relacionam com contextos complexos e diversos, considerando espaço, ambiente e indivíduo.

Logo após, visitamos o projeto Vargem Grande Comunidade Saudável, local da cozinha AMARA onde as mulheres da comunidade criam receitas e produtos pensando na geração de renda e protagonismo feminino, Ali é uma das maiores crateras habitadas do planeta. Com representantes do projeto Vargem Grande Comunidades Saudáveis, um de nossos parceiros na região, dialogamos sobre a arquitetura e estética do território, onde desenvolveram como estratégia para o despertar do pertencimento e cuidado do bairro pintura das casas com tinta de terra.

Por fim, a visita se encerrou na Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura um espaço que para além das leituras literárias sensibiliza para a leitura de mundo. Conversamos sobre as circulações de ideias e padrões, e de como as periferias desde sempre vem reinventando modelos e criando seus próprios.

Bruno Souza de Araujo um dos gestores e mediadores de leitura reflete: “recebê-los foi instigante, um grupo de Universidade de São Paulo, que veio para aprender e compartilhar, com um olhar para a abundância e as tecnologias que os moradores de Parelheiros vêm desenvolvendo, isso ainda é raro, mas almejamos que aconteça mais, pois somos sujeitos das transformações que estão acontecendo aqui”.

Esse roteiro de visita é o que o projeto Acolhendo em Parelheiros vem construindo pensado o desenvolvimento do Turismo de Base Comunitária.

 


Tags: , , , , ,

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *